UNAMA | Ser Educacional Unama
25 Outubro
Belém
Alunos do Curso de Enfermagem apresentam atividade em alusão ao "Outubro Rosa"
Por Renata Glaucia

Na oportunidade, os alunos deram orientações sobre prevenção de câncer do colo do útero,exame preventivo do câncer cervico uterino (PCCU)

18 Outubro
Belém
Alunos do curso de enfermagem promovem campanha em alusão ao "Outubro Rosa"
Por Renata Glaucia

Diante da importância da temática, os discentes montaram um programação de alusão ao tema

11 Outubro
Belém
Campanha de prevenção de suicídio é realizada por alunos do curso de enfermagem
Por Renata Glaucia

O mês de setembro dedica uma atenção especial à pessoas que pensam ou já sentiram-se tentadas em retirar seu bem mais precioso, a própria vida

11 Outubro
Belém
Alunos do curso de Enfermagem realizam campanha de doação de órgãos
Por Renata Glaucia

Os graduandos, sob a supervisão da Professora MSc. Nathalie Mendes, realizaram campanha com objetivo de fomentar discussões no âmbito acadêmicos acerca da importância da doação

02 Outubro
Belém
Calendário de avaliações do curso de Enfermagem 2018-2
Por Renata Glaucia

A coordenação do curso de Enfermagem da UNAMA, Unidade Alcindo Cacela publica calendário de aplicação das avaliações regimentais para o semestre de 2018.2.

Vamos lá Enfermagem, semana de avaliações chegando, vamos confirmar as datas? 

O calendário separado por turma está disponível aqui para vocês.

Nesse contexto, diante da importância do processo avaliativo preparamos umas dicas para vocês:

1) Não perca as datas, agora serão muitas provas e datas, imprima seu calendário de prova e não perca as datas! Em anexo estão os calendários de provas pra você não esquecer!

2) Não se atrase. Em dias de provas é muito importante você se organizar e não se atrasar, tente chegar cedo e evitar a adrenalina de chegar no último minuto.

3) Prepare suas canetas com antecedência, lembrem-se que só será permitido canetas esferográficas azuis ou pretas com cano transparente.

4) Não falte a devolutiva de suas provas, não deixe de se fazer presente na correção do professor e discussão das questões, este momento é importante para seu aprendizado e garante sua primeira vistas de provas. Pegue suas provas!

5) Boas provas, vocês estudaram! Vocês sabem que estudam para melhorar a qualidade de vida das pessoas, para fazer uma sociedade melhor, para fazer a diferença na vida e na saúde de muitas pessoas, então este momento de avaliações faz parte desta preparação que deve ser constante!

Desejamos uma excelente semana de provas à todos!

 

 

02 Outubro
Belém
Discentes de Enfermagem ganham posse de Monitoria 2018.2
Por Renata Glaucia

No último dia 25 de setembro,  aconteceu a posse dos novos monitores do curso de Enfermagem, que passaram pelo processo seletivo no semestre 2018.2. Na ocasião, acompanhados pelos professores das disciplinas e as coordenadoras do curso, assumiram suas funções após cerimônia realizada no auditório David Mufarrej, Campus Alcindo Cacela, Centro de Ciências Biológicas de da Saúde (CCBS).

Regulamentada pela legislação das Diretrizes e Bases da Educação Nacional, as atividades de monitoria tem o objetivo de incentivar e possibilitar a troca de conhecimentos entre alunos, professores e gestão do curso, possibilitando experiências teórico-práticas que permitam desenvolver habilidades e competências didático pedagógicas essenciais para a formação do Enfermeiro. Confira as fotos! 

01 Outubro
Ananindeua
Acadêmicos de Enfermagem promovem feira de anatomia aplicada à profissão
Por Adriana Pinheiro

Os acadêmicos do quarto período do curso de Enfermagem,  da unidade Anananindeua, promoveram a Feira de Anatomia Aplicada à profissão. Abordando as mais diversas patologias e traumas, os discentes participaram de forma inovadora e criativa com temáticas clínicas, voltadas para o estudo da anatomia humana.

Alunos do ensino médio do Colégio Professor Antônio Leite, do município de Castanhal, vieram prestigiar o evento, além de conhecer outras depedências da Universidade. Orientados pelas professoras da disciplina Anatomia aplicada à Enfermagem, Prof. Joyce Freitas, Prof. Bruna Panarra, Prof. Bárbara Paiva e Prof. Suziane Santos, que motivaram os alunos a apresentarem de forma mais dinâmica possíveis as principais áreas anatômicas afetadas por doenças e traumas, os discentes promoveram dinâmicas, quiz e premiação para os ganhadores.

Confira as fotos.

 

 

 

 

30 Agosto
Belém
II Simpósio de Doenças Infecto Parasitárias na Amazônia - SDIPA
Por Renata Glaucia

Belém será sede do II Simpósio de Doenças Infecto Parasitárias na Amazônia, SDIPA que ocorrerá nos dias 18 e 19 de outubro, no auditório David Mufarrej da Universidade da Amazônia (UNAMA), Unidade Alcindo Cacela.

O Simpósio vai discutir sobre as doenças mais recorrentes da Amazônia. O evento deve renuir profissionais e estudantes da área da saúde para dialogar sobre doenças infecciosas comuns na Amazônia tais como: chikungunya, febre amarela, malária, doenças de chagas, HPV, zika vírus e dengue. A programação será constituida de palestras com especialistas, mesas redondas, conferências, além da submissão e apresentação de trabalhos cosntíficos. 

O Pará é referência para o Brasil e o mundo em estudos, pesquisas e ensino sobre doenças infecciosas. Com uma mistura de florestas, rios e mudanças climáticas constantes, a Amazônia é um ambiente propício para o surgimento desses problemas. Segundo dados da Secretária de Estado de Saúde Pública (SESPA), de janeiro até agosto deste ano, foram contabilizados 2.533 casos de febre chikungunya no Estado, cinco casos de Zika e 1.100 casos de dengue. O número apresenta redução com relação ao mesmo período do ano passado, porém, ainda é um alerta para a sociedade.

Por isso, segundo Everton Wanzeler, presidente da Liga Interdisciplinar de Doenças Infecto-parasitárias da Amazônia (LIDIPA), e um dos organizadores do evento, é necessário cada vez mais discutir sobre estes temas, levando em conta as características epidemiológicas da região. “Além de focar nas doenças, o simpósio trabalhará o aspecto humano, como a conduta da equipe multidisciplinar em saúde e o relacionamento dos profissionais com a comunidade no sentido de prevenção, orientação e atuação ativa.”, explica Everton.

A novidade da segunda edição do simpósio é a realização da I Jornada Científica da LIDIPA, momento em que serão apresentados trabalhos com Anais sobre o tema. A submissão dos trabalhos já está disponível e serão aceitos até o dia 20 de setembro, mediante pagamento da inscrição. A outra novidade é que o evento também terá o “Encontro da Rede Universitária de Combate a Hanseníase”, para o debate sobre a realidade do país, da região Amazônica e do Pará em relação a doença.

As inscrições podem ser feitas pelo site, tanto para estudantes quanto para profissionais, além da submissão dos trabalhos.

 

Páginas