UNAMA | Ser Educacional Unama
19 Agosto
Belém
Projeto de extensão: Ação educativa de promoção à saúde
Por Renata Glaucia

O projeto de pesquisa e extensão da Universidade da Amazônia coordenado pelo curso de enfermagem tem como enfoque comunidades saudáveis no qual se busca desenvolver estratégias para melhor intervir tanto na saúde quanto no meio social dos indivíduos.

Nesse sentido, a ação educativa teve como público-alvo as crianças em idade escolar cujo objetivo foi orientá-los sobre as parasitoses, utilizando o lúdico como metodologia de ensino aprendizagem das formas de prevenção.

A ação educativa em parceria com o projeto de extensão do curso de psicologia foi desenvolvido por 6 acadêmicas de enfermagem da UNAMA, no dia 13 de maio de 2017, as 9:00 horas na escola Brigadeiro Fontenele localizado no bairro da Terra Firme.

O instrumento metodológico utilizado foi a utilização de álbum seriado abordando 4 tipos de parasitas tais como, Ascaris lumbricoides, Entamoeba histolytica, Giardia lamblia e Schistosoma mansoni. Dentro desse contexto foi explanado o que era cada parasita e a doença que causava, mas também, a forma de transmissão, sintomas e prevenção. Para isto utilizou-se de cartazes, imagens e bonecos semelhantes aos parasitas com intuito de tornar esse dialogo lúdico. 

Os parasitos foram confeccionados por alunos da disciplina de parasitologia do 3º semestre e outros materiais foram confeccionados em material reciclado, por alunos do curso de enfermagem.

Em seguida foi utilizado um dado cujas faces foram numeradas de 1 a 6 para que os participantes pudessem lançar o dado e aquele que obtivesse maior número no lançamento responderia uma pergunta relacionada a um dos quatro tipos de parasitas supracitados contendo alternativas relacionadas a temática. Diante disso, as perguntas direcionadas as crianças objetivou avaliar o entendimento das mesmas sobre o que foi abordado. Por fim, foi realizado a mensuração de peso e altura dos pueris.

Estiveram presentes 9 crianças, sendo 5 meninas e 4 meninos, cuja faixa etária variou de 6 a 10 anos. No decorrer da explanação, percebeu-se que alguns tinham conhecimento prévio sobre parasitoses e que estas não eram benéficas aos indivíduos. No entanto, desconheciam a forma de transmissão e prevenção.

É importante destacar que a estratégia lúdica e o dialogo estimularam a concentração dos pueris, levando-os a ficar atentos a responder o que lhes era perguntado. Além disso, ajudou a despertar o sentimento de ajuda mútua entre os mesmos.

Em contrapartida, é preciso salientar a indispensabilidade de abordar também sobre o bullying nas escolas. Diante do que foi abordado, faz-se necessário ratificar a importância do debate sobre a temática na infância, pois nessa fase da vida existe a maior prevalência de entoparasitoses.  Sendo assim, é importante a conscientização das crianças a fim de que sejam multiplicadores da informação dentro do seu núcleo familiar e no seu convívio social.

 

Elaborado por: Larisse Batista, aluna do Curso de Enfermagem da UNAMA (Bolsista de iniciação científica da UNAMA)

Tags: 
16 Junho
Belém
Acadêmicos de Enfermagem realizam ação social com crianças
Por Renata Glaucia

No dia 25 de maio (quinta-feira), durante o estágio supervisionado dos alunos do 9º semestre do curso de Enfermagem da UNAMA, foi realizada uma atividade educativa com a temática “Pediculose, Verminose e Higiene Bucal: a educação em saúde como forma de prevenção”, desenvolvida em uma creche localizada no Conjunto Eduardo Angelim, distrito de Icoaraci. A atividade foi orientada pela preceptora da UNAMA, Enfermeira Hallessa Pimentel (MsC Saúde Coletiva /Ufpa, Esp. Saúde Mulher e Criança/UEPA), que na oportunidade propôs a dinâmica aos discentes como forma de realizar orientação em saúde para aquela comunidade, em especial para as crianças da creche, levando informações acerca das formas de transmissão e prevenção da pediculose e verminoses bem como a técnica adequada para a lavagem das mãos e formas de higiene bucal.

A atividade iniciou-se através de uma peça teatral, onde os acadêmicos, vestidos de super-heróis, abordaram questões cotidianas das crianças como o consumo de doces, sintomatologia de verminose e pediculose e escovação dos dentes. Além disso, os discentes utilizaram músicas ensinando as crianças sobre a importância da higienização das mãos e alimentos. Para a acadêmica Pâmela Rodrigues “a atividade foi de extrema importância, pois se observou o papel do enfermeiro como educador, haja vista ser um dos papéis que este desempenha na atenção básica bem como foi aprendido com a preceptora Hallessa que nos proporcionou um momento de conhecimento e aprendizado durante a atividade lúdica”, afirmou a aluna. A atividade finalizou com a distribuição de brindes.

14 Junho
Belém
Dia de Ação - Caminhada pela Paz
Por Ivie Reis

Dia de ação do Curso de Nutrição da Universidade da Amazônia - UNAMA na Caminhada pela Paz. Parabéns alunos, docentes e preceptores envolvidos.

07 Junho
Belém
Dia do Bem - Ação em Ananindeua e Benevides
Por Ivie Reis

Dia do Bem. O curso de nutrição da Universidade da Amazônia - UNAMA dando apoio a ação realizada pela Casa da Boa Esperança em comunidades de Ananindeua e Benevides. Parabéns a todos os envolvidos.

07 Junho
Santarém
Alunos de Ciências Biológicas promovem ação sobre o Dia Mundial do Meio Ambiente
Por Hipocrates Chalkidis

Alunos do curso de Ciências Biológicas da UNAMA - Faculdade da Amazônia, em Santarém, comemoraram o Dia Mundial do Meio Ambiente. O evento foi realizado no ZOOUNAMA, com a presença de 60 acadêmicos do curso, que receberam 150 estudantes de cinco escolas municipais.

Com o intuito de promover a sensibilização com vistas à conservação do meio ambiente, os alunos foram convidados a visitar os recintos dos animais e percorrer uma trilha de 150 metros, onde foi enfatizado temáticas voltadas para o lixo, desmatamento, relações ecológicas e diversidade florística.

O evento contou com a participação dos professores Helton Lameira, Lorena Coelho, Tiago Siebert, Hipócrates Chalkidis, a Gerente do ZOOUNAMA, Mary Jane Carvalho, os Médicos Veterinários Jairo Moura, Ianny Posiadlo e Esron Nasson e demais colaboradores do zoológico, além do corpo administrativo da UNAMA.

20 Maio
Ananindeua
Alunos de Biomedicina participam do Projeto UNAMA na Escola
Por Janaína Massafra

O momento da escolha da profissão é ímpar na vida de um jovem. Com o intuito de aproximar a Universidade e os jovens estudantes, o projeto UNAMA na Escola leva universitários e coordenadores de diversos cursos de graduação a instituições de ensino básico para que possam compartilhar as suas experiências e apresentar as áreas de atuação de cada profissão.

A programação inclui escolas de Belém e Ananindeua, e já foram visitadas o colégio Aspecto e Colégio Paulista.

 

07 Maio
Ananindeua
Alunos realizam ação no Sesi Ananindeua sobre o Dia do Trabalhador
Por Leonilde Sousa

Os alunos de Fisioterapia e Educação Física participaram das atividades em comemoração ao Dia do Trabalhador, no Sesi Ananindeua. Foram realizadas várias atividades de promoção à saúde do trabalhador, tais como avaliação postural e orientações ergonômicas.

10 Abril
Belém
A ação da radioterapia no corpo
Por Dirceu Costa

Por Layse Martins Gama, Professora de Radioterapia da UNAMA

O Câncer é uma questão de saúde pública que há muito é discutida pelos órgãos de saúde mundiais. O último levantamento do INCA, em 2016, apontou associações entre aumento de peso e 4 principais tipos de carcinomas mais incidentes no Brasil: colo e reto, mama, ovário e próstata.

Nesse contexto, a radioterapia é uma das modalidades da medicina moderna  utilizadas como terapia nessas condições. O tratamento é baseado na emissão de feixe de radiações ionizantes, durante um determinado tempo, a um volume de tecido que engloba o tumor, a partir de uma dose previamente calculada.

A equipe radioterápica é multiprofissional, são médicos, enfermeiros, físicos e tecnólogos.  O tecnólogo em radiologia é dos profissionais envolvidos diretamente em todo o processo, uma vez que o emprego da radiação objetiva erradicar todas as células tumorais, produzindo menor dano possível às células normais circunvizinhas.

Dessa forma, funções associadas a produção de imobilizadores, manipulação de equipamentos, supervisão da proteção radiológica e até mesmo a dosimetria do tratamento, poderão ser de responsabilidade desse profissional.

As radiações ionizantes são estudadas durante toda a graduação em tecnologia em radiologia. De forma que essas, ao interagirem com os tecidos, são capazes de transferir sua energia, ionizando o meio. Vários fenômenos da radiobiologia são estudados no decorrer do curso, inclusive a radiólise da água e quebra das cadeias do DNA tumoral.

Na radioterapia, para que o efeito da radiação atinja maior número de células neoplásicas e respeite a tolerância dos tecidos saudaveis, a dose total de radiação é normalmente administrada em doses fracionadas, com intervalo de 24 a 48h. 

Na cidade de Belém, existem grandes hospitais atuando no tratamento radioterápico de pacientes com  câncer. Sendo o Hospital Ophir Loyola, o maior hospital de referência no tratamento do câncer da região Norte na rede pública. Ha tecnólogos atuantes em todos eles.

A graduação em radiologia tem duração de 6 semestres. Tendo como base as ciências naturais (fisica), anatomia e patologia humana. Além do amplo espectro de aprendizado em saúde pública e pesquisas científicas envolvendo o uso da radiação ionizante.