UNAMA | Ser Educacional Unama
20 Maio
Belém
Curso de odontologia promove curso de Primeiros Socorros
Por Theodorico Neto

No dia 17/04, o Curso de Odontologia da Unama-Alcindo Cacela, em parceria com a comissão organizadora da 1ª Jornada Acadêmica de Odontologia da Unama, promoveu o curso "Hands-On Primeiros Socorros: Emergências no Consultório Odontológico", ministrado pela Prof. Dra. Leila Maúes Oliveira Hanna.

O curso visou capacitar o acadêmico de Odontologia em casos de Emergências Médicas em consultórios Odontológicos, e teve participação maciça da comunidade Acadêmica.

Vem aí, dias 09 e 10 de Agosto, a I JOUNAMA! Participe!

 

26 Abril
Belém
Oficinas profissionalizantes: estratégia de simulação realística em Urgência e Emergência
Por Adriana Sa

As Oficinas Profissionalizantes são atividades realizadas por todos os cursos da UNAMA e demais unidades do Grupo SER Educacional e tem o objetivo de oportunizar aos alunos uma abordagem prática dos temas voltados para a sua área de formação, aproximando os acadêmicos do mercado de trabalho e das possibilidades de atuação profissional. As oficinas contam com a participação de docentes do curso e de profissionais convidados renomados dentro das mais variadas áreas de atuação. 

Nesse contexto o laboratório se constitui em um espaço para treinamento privilegiado, objetivando desenvolver no discente, habilidades técnicas e emocionais antes de enfrentar uma situação real. O uso de simulação realística em saúde permite maior retenção do conhecimento, e a medida que ocorre em ambiente educacional participativo e interativo, o aluno é convidado à construção do seu aprendizado.

Muitas vezes em sala de aula utilizando-se apenas modelos tradicionais de ensino focado na transmissão do conhecimento e de experiências, não é possível proporcionar subsídios para a tomada de decisão nas situações práticas que permeiam a vida profissional, assim, a simulação realística se reveste de grande importância e torna-se uma forte aliada no desenvolvimento de competências e habilidades.

Os laboratórios propiciam a articulação de saberes diversos e a superação da dicotomia entre formação profissional e formação geral do educando. Isso facilita a aprendizagem e gera reflexão sobre as práticas, mais do que garantir simplesmente treinamento para exercício de funções. Nesse processo de ensino-aprendizado com a metodologia de simulação de espaços reais, os professores protagonizam um papel fundamental, atuando como facilitadores, enfatizando o aprendizado autodirigido, centrado no discente.

Tais experiências proporcionam aos atores envolvidos, enxergar o ensino em laboratório como um espaço privilegiado, que requer constante interação entre os protagonistas, acadêmicos e professores no momento de integrar a teoria aprendida em sala de aula com a prática. Para os discentes o contato com os manequins para simulação de uma ressuscitação cardiopulmonar, por exemplo, ajuda a trabalhar a postura, ergonomia, controle da força e técnica a serem aplicadas durante esse procedimento e outras recomendações que seriam quase impossíveis e de certa forma perigosas de ensinar/aprender em um ambiente real.

No campo prático, após aulas com repetições de técnicas, uma vez que o ambiente da simulação propicia erros e aprendizado com eles, os alunos apresentam-se seguros na execução das tarefas, situação vivenciada em prática supervisionada onde os alunos que se depararam com uma parada cardiorrespiratória ou a avaliação de pacientes nas várias entidades clínicas, não se apresentaram intimidados e temerosos em interagir com a equipe multiprofissional assistente, mostrando a eficácia do treinamento prévio em laboratório.

O uso de simulação realística como metodologia ativa de ensino contribui para aumentar a autoconfiança, autoconhecimento e habilidades psicomotoras dos discentes na prática, além de proporcionar diálogo teórico-prático. Os enfermeiros docentes do século 21 devem buscar estratégias para inovar o ensino, sendo a simulação uma ferramenta efetiva na educação e no contexto moderno do cuidado à saúde. São espaços privilegiados que simulam cenários da prática de cuidados à saúde. Os estudantes realizam atendimentos em pacientes simulados (manequins e/ou bonecos), sempre acompanhados por um facilitador que avaliará o desempenho das capacidades voltadas ao perfil do profissional a ser formado.

Marca do Grupo Ser Educacional/UNAMA é aproximar nossos discentes dos seus fututos campos de atuação!