UNAMA | Ser Educacional Unama
27 Abril
Belém
Aluna produz texto sobre Baleia Azul. Confira-o na íntegra
Por Marcio Valente

Baleia Azul: O jogo está lançado

Por Ana Victória Andrade Gomes, aluna do 3] semestre de Psicologia da UNAMA

Nos dias atuais o desafio da baleia azul tem sido o assunto mais falado e discutido em redes sociais e em programas televisivos. E a pergunta de muitos tem sido quase que a mesma: “O que leva essas crianças, adolescentes e jovens e participarem desse desafio suicida?”.

Primeiramente é necessário  fazer uma breve caminhada sobre a estrada do saber e se ver um pouco da introdução sobre depressão e do suicídio na visão psicanalítica na psicologia.

A Depressão  é uma sensação  de vazio, acordar e dormir com sentimentos de tristeza, desesperança, desamparo, culpa, pensamentos de punição, negativos, sem estímulos para atividades externas. A depressão é uma doença seria e delicada. E infelizmente é o mal do Séc. XXI. Hoje, com toda essa modernidade, quase todas as pessoas se encontram dependentes de serem vistas e adoradas por outras e quando isso não acontece, quando essa atenção dependente não se mostra para o outro, o mesmo acaba ficando desorientado. As bases que foram formadas antigamente, hoje já são banalizadas de tal forma que você não sabe quem é filho e quem é pai.

Com todo esse vazio de amor fraterno, de amizades reais, de calor físico e de olhos nos olhos, as pessoas se perdem na imensidão tecnológica que umas vêm para o bem e muitas outras vêm para o mal.

Como um exemplo dessa onda do mal, temos um grupo Russo dando origem, em 2015, ao desafio da Baleia Azul, como é conhecido hoje aqui no Brasil.

Para os que ainda não conhecem este desafio, o mesmo consiste em um jogo de 50 tarefas. Essas tarefas são bizarras, como fazer desenhos no corpo com objetos cortantes e assistir o dia inteiro filmes de terror, entre muitas outras atividades que expõe os participantes ao risco de vida. E o objetivo do jogo é que a pessoa cometa o suicídio. Caso os participantes não cumpram as tarefas, recebem ameaças dos “Curadores”, nomenclatura destinada aos mentores e ditadores das regras do jogo.

Conforme uma entrevista feita pelo site “Diário dos Campos”, com a Psicóloga ponta-grossense, Mylene Laidane, as pessoas que criaram e mantêm o jogo têm um perfil igualmente preocupante. “São pessoas sádicas, que se divertem vendo o sofrimento de outras pessoas.”

Com a Era da tecnologia, vemos de uma forma muito evidente as relações se tornarem liquidas. As relações hoje em dia podem ser muito bem desfeitas rapidamente, como: namoros, casamentos, de amizade e o pior de tudo, relação entre família.

É tanto trabalho em pouquíssimo tempo, são tantos problemas a serem resolvidos fora e dentro de casa, são tantas ausências tentando serem presentes via celular, computador, redes sociais, que se torna algo muito preocupante para o meio da psicologia. E sim, este jogo deve se tornar um alerta para as famílias que têm adolescentes e crianças ao redor.

Pais. Cuidadores. Responsáveis. Olhem mais para seus jovens, prestem atenção no que fazem na internet, procurem conversar, escutar as dores de seus filhos e parentes. Depressão não é “frescura”. Depressão é doença. É o aviso de que algo não esta certo com aquela pessoa. Tomem consciência da situação, tenham paciência. Eles precisam de vocês.

São esses jovens que estão sendo manipulados nas mãos dessas pessoas más. São esses jovens vulneráveis a uma “mão amiga” que lhe dê atenção e que lhe entenda, são esses jovens tristes que não se acham entendidos pela família, que não querem mais continuar a sofrer nessa vida porque pedem tanto ajuda da forma deles, e ninguém os escuta, são esses jovens que estão se perdendo nesse meio e se tornando presa fácil para esses tipos de seres humanos.

Então fiquem alerta! A Sociedade precisa dessas crianças e adolescentes para ter a sua continuidade.

*Incitar o suicídio é crime, previsto no artigo 122 do Código Penal, com pena de dois a seis anos de detenção caso o mal se consuma, ou de um a três anos se resultar em lesão corporal de natureza grave.

26 Abril
Pará
Reforma da Previdência Social é discutida no ICJ
Por Amadeu Vidonho

Será realizado, no auditório Dom Alberto Ramos do campus Senador Lemos do ICJ/UNAMA, o evento "I Fórum de Previdência Social da Amazônia", na próxima quinta-feira (27), das 15h às 20h30, que abordará a reforma da previdência social. Com a coordenação técnica do Juiz Federal do Trabalho professor Dr. Océlio de Morais, e organização e apoio do Programa de Mestrado em Direitos Fundamentais da UNAMA, a Escola da Magistratura do Egrégio Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região, Associação dos Magistrados do TRT8(PA-AP), Instituto dos Advogados Previdenciários do Conselho Federal - IAPE, e Centro Acadêmico Orlando Bitar - CADOB, Liga Acadêmica Jurídica do Pará - LAJUPA entre outros.

As inscrições devem ser realizadas no Centro Acadêmico Orlando Bitar (CADOB), através da doação de um quilo de alimento não perecível. A programação irá oportunizar o debate entre a universidade e a comunidade acerca dos impactos da reforma previdenciária nos direitos de todos os trabalhadores brasileiros. Ao tempo em que a comunidade acadêmica reflete sobre a questão, a população fica bem informada sobre seus direitos, uma vez que a reforma vai provocar profundas e severas modificações no regime de previdência social brasileiro”.

Confira o link para inscrições de alunos externos. Veja a programação completa aqui.

25 Abril
Pará
Lançado edital do Grupo de Estudo e Pesquisa em Direito Internacional
Por Amadeu Vidonho

Saiu o edital do Grupo de Estudo e Pesquisa em Direito Internacional do ICJ/UNAMA. O Grupo conta com a coordenação da professora Dra. Carla Noura Teixeira, e participação dos professores Ian Pimentel e Jeferson Bacelar. O período de inscrições vaia té o dia 2 de maio, na secretaria de coordenação do Instituto de Ciências Jurídicas no Campus Senador Lemos, das 8h às 21h.

O edital pode ser conferido a seguir. Para fazer o download, basta clicar no arquivo presente no campo "Anexo" abaixo:

25 Abril
Belém
Curso de Comunicação dá início às Oficinas Profissionalizantes
Por Thiago Almeida

Nesta segunda-feira (24), o curso de Comunicação Social da Unama deu início à sua Semana de Oficinas Profissionalizantes. Até a sexta-feira (28), professores e alunos estarão envolvidos em atividades voltadas à aplicabilidade das disciplinas ao mercado de trabalho e ao debate de temas da atualidade, com oficinas práticas, encontros com profissionais da área e debates sobre temas variados. Os eventos são exclusivos para os alunos do curso. 
 
No primeiro dia dos eventos, os alunos de Publicidade e Propaganda do sexto semestre fizeram a oficina "Planejamento de survey de opinião: percepções dos alunos do ensino médio sobre a plataforma de vídeos YouTube", ministrada pela professora Francinete Rocha. Já os alunos do quinto semestre assistiram a uma palestra do fotógrafo Rafael Araújo, sobre fotografia publicitária, a convite do professor Bruno Carachesti, que ministra a disciplina Fotopublicidade. 
 
Pela manhã, os alunos do terceiro semestre de Jornalismo participaram da oficina "Questão de estilo: o texto jornalístico e os manuais de redação", da professora Thais França. 
Os alunos do primeiro semestre de Publicidade e Propaganda e Jornalismo receberam a jornalista e pesquisadora Márcia Carvalho, para a oficina "Comunicação e Direitos Humanos - Feminismo e Ciberativismo", promovida como parte da disciplina de Sociologia, ministrada pela professora Ana Lúcia Prado.
 
Ao longo da semana, todas as disciplinas terão momentos especiais como estes. "As oficinas são direcionadas aos nossos alunos e devem refletir o exercício efetivo das profissões, além de debater temas atuais ligados às disciplinas ministradas pelos professores. Algumas são ministradas pelos professores, que escolhem temas específicos para trabalhar, ou por convidados e até mesmo em atividades externas, como visitas técnicas", explica o coordenador do curso, professor Thiago Barros. 

19 Abril
Belém
Serviço Social realiza oficinas profissionalizantes
Por Fabia Jaqueline

No período de 24 e 28 de abril, o curso de Serviço Social da UNAMA realizará as oficinas profissionalizantes. A programação tem o objetivo de realizar atividades  teórico-práticas permitindo aos alunos conhecer a atuação profissional do assistente social e os desafios da prática profissonal.

19 Abril
Belém
Serviço Social na caminhada pela vida e pela paz
Por Fabia Jaqueline

O curso de Serviço Social da UNAMA, participou no dia 12/04 da reunião de apresentação do Projeto II Caminhada Solidária da Romaria das Crianças - Pela vida e pela Paz.

A caminhada será realizada no dia 11 de junho e está sendo organizada pela Comissão da Romaria das Crianças em parceria com a Comissão do Combate ao Trabalho Infantil do TRT da 8ª Região, com o apoio da Diretoria da Festa do Círio de Nossa Senhora de Nazaré e participação de Instituições que atuam na área dos direitos humanos, em especial voltados à proteção dos direitos das crianças e adolescentes.

 

19 Abril
Belém
Apadrinhamento afetivo na Páscoa
Por Fabia Jaqueline

O curso de Serviço Social da UNAMA, em parceria com o 15º Companhia de Polícia do Exército realizou, no dia 14 de abril, a entrega de ovos de Páscoa para as crianças que estão no Programa de Apadrinhamento Afetivo.

13 Abril
Belém
Páscoa na Brinquedoteca da Unama encanta crianças de creche
Por Ana Darc

Os olhos de vinte crianças da Creche Arhur Porto brilharam ao visitarem a brinquedoteca da Universidade da Amazônia (UNAMA), no campus Alcindo Cacela, nesta quarta-feira (12). Foram desenvolvidas várias as atividades pelos professores e alunos do curso de Pedagogia, que encantaram as crianças.

Confira mais imagens na galeria abaixo:

08 Abril
Belém
UNAMA realiza II Congresso Brasileiro Multidisciplinar de Saúde
Por Marcio Valente

Na ultima quinta-feira de março (30), no Hangar, foi realizado o II Congresso Brasileiro Multidisiplinar de Saúde, que reuniu vários alunos e profissionais dos cursos de Enfermagem, Psicologia, Fisioterapia e Nutrição. Os alunos de Psicologia tiveram a oportunidade de participar de minicurso com profissionais renomados, como a Joana de Vilhena Novaes (corpo, imagem e sofrimento psíquico) e a Maria Helena Rodrigues Navas Zamora  (violência, instituição e exclusão social). 

O evento que começou na quinta-feira e se encerrou no dia 1º de abril, fechando, assim, uma oportunidade de conhecimento extra curricular onde foram relatadas experiências profissionais e apresentação de projetos que são realizados na área. 
 

05 Abril
Belém
UNAMA já realiza atividades para o Enade 2019
Por Fabia Jaqueline

Na última segunda-feira (3), o curso de Serviço Social começou as atividades do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2019. Durante a programação, foram apresentadas as atividades realizadas durante o Enade 2016, e os alunos tiveram a oportunidade de tirar dúvidas e conhecer o plano de ação que o curso está preparando, com foco na formação, conscientização e motivação.

Confira a galeria abaixo:

Páginas