UNAMA | Ser Educacional Unama
29 Outubro
Belém
Porque ter uma política de testes é crucial para a qualidade de softwares
Autor: Alan Souza
Mencionar testes de qualidade de software dentro das empresas significa frequentemente ser mal-entendido. À primeira vista, colocar o software para rodar parece ser o único elemento a ser considerado por gerentes e executivos, quando, na verdade, os testes implicam em muito mais do que sua execução. A questão é que as organizações muitas vezes negligenciam a área de qualidade e, portanto, gastam mais recursos e levam mais tempo no desenvolvimento de um sistema.
 
É fato que os testes trazem benefícios que apelam para o lado econômico da empresa. Segundo o cientista da computação e autor Glenford Myers, quanto mais cedo se descobre e corrige um erro no software, menor é seu custo para o projeto. A linha de pensamento é simples de entender: se o erro é encontrado no início do projeto, ele não irá permear nas próximas fases, portanto, corrigi-lo será menos complexo. Isso também evita que os profissionais tenham que refazer o trabalho e que haja atrasos no cronograma.
 

Comentários